Mais uma vez o mesmo ministro concorre para o pior de 2024

Avatar By Redacao Jun 25, 2024
Ministério das Telecomunicações Tecnologias de Informação

O pior Ministro de 2023 ninguém o consegue compreender, não melhorou as condições técnicas e nem laborais dos meios de difusão massiva sob tutela do estado angolano, inclusive até aqueles antes privados que passaram para a esfera do Estado angolano (alguns já falidos e com indemnizações por pagar), o que leva a péssima qualidade dos seus serviços e o descontentamento generalizado dos jornalistas e trabalhadores que inclusive colocaram um abaixo assinado online para a sua destituição, muitos outros abandonam os meios de comunicação do estado, nomes sonantes com Salú Gonçalves, Paulo Miranda, somente para citar estes, no meio de tantos outros que se mudaram para o sector privado ou outras profissões. As dificuldades começam a partir das condições de trabalho em que os repórteres não têm meios sequer para deslocarem-se até para cobrir eventos do próprio Executivo, muito menos ajudas de custo para comprarem uma água para beberem que seja, têm os problemas técnicos evidenciado os dos emissores de sinal das rádios principalmente, o que impede que até a publicidade e difusão das actividades do Estado a nível nacional e internacional, contrariando o lema “trabalhar mais e comunicar melhor”, neste quesito o MINTTICS – Ministério das Telecomunicações Tecnologias de Informação e Comunicação Social que o Eng. Mário Oliveira dirige é e seria maior ferramenta para “comunicar melhor”, tanto internamente como para o exterior do País principalmente para zonas fronteiriças, porque tanto quanto se sabe a taxa de penetração e de acesso a internet ainda é de não mais do que 21% em Angola, dos quais cerca de 65% em Luanda apenas. Por outro lado somente existe a TPA Notícias online no Canal Youtube, o que por si só não vende o País lá fora e nem cá dentro, um País que se quer atractivo para turistas estrangeiros, nacionais no País até os que vivem no exterior.

Os actuais conselhos de administração dos órgãos públicos sob tutela do MINTTICS são o maior exemplo de má gestão, tanto financeira como de recursos humanos, como amiúde se vem relatando nas redes sociais, muitos deles se mantêm no cargo inclusive somente porque o critério é desviar cerca de mais de 30% daquilo que são os seus orçamentos para o bolso do Ministro, através de consultorias, serviços de fachada sendo alguns pagos mais de duas ou três vezes mas nunca realizados, inclusive até mesmo pagamentos em “quibutos” de dinheiro.

No que tocas as telecomunicações tivemos exemplos recentes nos vídeos e informações que circulam nas redes sociais, reclamando muito recentemente da má gestão e não pagamentos de mais de seis meses salários aos trabalhadores da Movicel, que ainda em Dezembro de 2023 o seu PCA Adilson dos Santos brindou o seus administradores com viaturas topo de gama de mais de USD 300 mil, bem como pagou consultorias e formações em mais de Euros 1.500.000 (Um Milhão e Quinhentos Mil Euros) que nunca tiveram lugar, aparentemente o Ministro supostamente não tem culpa, porque a Movicel é uma empresa privada que nem sequer apresenta Relatórios e Contas desde o ano de 2021; mas a verdade é que o PCA da Movicel é o mesmo que foi reconduzido ainda em Fevereiro deste ano como também PCA da Angola Telecom, segundo o Ministro o reconduziu por orientação do Titular do Poder Executivo e também por ser homem da mais alta confiança do Ministro, já que o mesmo atribui também uma propina mensal tanto de uma como de outra empresa ao Ministro, no valor de cerca 300 milhões de kwanzas, isto para além do que o próprio PCA Adilson Santos coloca no seu bolso e dos outros administradores em ambas empresas. A Angola Telecom por exemplo nunca apresentou lucro, sempre prejuízos e desde que me lembre a que mais greves já fez até agora, a pergunta que fica é a seguinte : Sendo a Angola Telecom a detentora da maior parte das infraestruturas de fibra óptica e telecomunicações, inclusive com participação na Angola Cables, Movicel, Infrasat e outras mais a que presta serviços, porquê que estes valores nunca são declarados sequer nos relatórios e contas anuais e que infelizmente não são sequer publicados desde 2022?

Falando da UNITEL, desde que passou também a esfera do Estado como maior accionista, apesar de representada pela Sonangol na estrutura societária, o Ministro Mário Oliveira coloca sempre o bedelho, porque sempre foi conhecido como barraqueiro mesmo no Bairro Popular onde cresceu inclusive ameaça quem quer que seja, dizendo que foi vizinho do PR e é amigo pessoal, por isso ninguém se deve meter. Está mais preocupado e gasta balúrdios de dinheiros (claro uma boa parte vai pra o bolso dele), em eventos como o ANGOTIC e conforme fez também com a fanfarra toda com eventos sobre o satélite, em vez de criar condições de gestão, salariais e de trabalho para todos os órgãos sob sua tutela.

Com tantos exemplos de má gestão antes reportados e também no caso vertente de Adilson Santos, PCA ao mesmo tempo da Movicel e da Angola Telecom, onde é que anda o próprio partido que Governa, o IGAE, a PGR e o SIC, permitindo que um único indivíduo dirija e mal duas empresas de grande porte e importância no País, sempre com salários em atrasos e sem ucros, parecendo até que não existam mais quadros capazes para o fazer.

Por Alexandre Manuel Luís