Cazenga: Agente do SIC acusado de disparar mortalmente contra três pessoas da mesma família

Avatar By Redacao Jun 19, 2024
Cazenga Agente do SIC acusado de disparar mortalmente contra três pessoas da mesma família

Um agente do Serviço de Investigação Criminal (SIC) está a ser acusado de disparar mortalmente contra três indivíduos da mesma família, um homem de 65 anos, o seu filho e um sobrinho, nas primeiras horas desta quarta-feira, no município do Cazenga, em Luanda, quando os confundiu com delinquentes.

Em declarações ao Novo Jornal, o porta-voz do gabinete de comunicação institucional e imprensa do SIC-Geral, Manuel Halaiwa, confirmou a ocorrência, explicando que a sua equipa já está no terreno para apurar os detalhes.

O trágico incidente ocorreu na rua da Bar Matembo, no Bairro Curteme, por volta das 02:00, quando as vítimas estavam a sair de um óbito.

Uma das vítimas, de 65 anos, estava cansado de lá estar e pediu ao filho e ao sobrinho para o acompanharem a casa, e, quando estavam prestes a chegar, segundo relatos, um agente efectivo do SIC confundiu-os com delinquentes e fez alguns disparos contra os homens.

A confusão aconteceu quando, contam populares que conhecem o local e as vítimas, um dos jovens, sem que a razão esteja apurada, saltou o muro para abrir a porta
Dois indivíduos morreram no local e um morreu, o mais velho, a caminho do hospital dos Cajueiros.

Segundo o responsável do SIC-Geral, estão a decorrer investigações para apurar os detalhes deste caso.

O Novo Jornal sabe que ocorreram violentos confrontos entre populares e a Polícia Nacional quando se estava a proceder à remoção dos cadaveres.

Durante a confusão, um jovem foi baleado mas encontra-se estavel no hospital dos Cajueiros. In NJ