Obras abandonadas estão a servir de esconderijo para motorizadas roubadas em Luanda

Avatar By Redacao Jun 6, 2024
Obras abandonadas estão a servir de esconderijo para motorizadas roubadas em Luanda

A onda de roubos de motorizadas tem aumentado de maneira considerável em Luanda e para as esconder antes de serem vendidas, os assaltantes estão a usar obras abandonadas para as guardar.

Os bairros das Catanas, Mundial, Macuia, Canhanga, 28 de Agosto, África do Sul, Floresta, Pedreira, Parapeito e Zona Verde III foram os lugares mais usados pelos delinquentes que aí encontraram várias casas em construção que estão a servir de esconderijos das motorizadas roubadas.

Esta semana, o departamento municipal do Belas do Serviço de Investigação Criminal (SIC), deteve seis assaltantes e os homens, confessaram às autoridades que “guardavam as motorizadas roubadas em obras abandonadas que encontraram em cada bairro”, acrescentando que as retiravam de lá no dia seguinte e depois seguiam para os mercados informais onde eram vendidas por 290 mil kwanzas.

Noutras ocasiões, os homens levavam algumas das motos para a província de Benguela onde eram igualmente comercializadas, contou o porta voz em exercício do SIC-Luanda, Emanuel Capita, acrescentando que os autores actuavam no período da noite, munidos de armas de fogo do tipo AKM.

“Os marginais, com motorizadas, perseguiam as vítimas que estivessem a circular na via pública até um local isolado, cercavam-nas, e sob fortes ameaças de morte, subtraiam as motorizadas”, explicou.

Os indivíduos detidos, com idades compreendidas entre os 18 e os 36 anos, foram presentes ao juiz de garantia e vão responder pelos crimes de associação criminosa, ameaças de morte e roubo qualificado de motorizadas na via pública. In NJ