Namorado convida dois amigos e violam sexualmente a namorada de 16 anos

Avatar By Redacao Mai 20, 2024
SIC detém cidadãos acusados de desviar mais de 14 milhões de kwanzas

Três jovens foram detidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), na província do Bié, na sequência de uma operação investigativa, que visava determinar os autores de um caso de violação sexual, em que foi vítima uma menor de 16 anos.

De acordo com o chefe do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do SIC-Bié, agente de investigação criminal Simão Londaca, o crime foi consumado, no interior de uma obra, no município do Andulo.

Os factos descritos pelo porta-voz desse órgão forense, na região Centro do país, revelam que tudo aconteceu por volta das 20 horas do pretérito dia 15 de Abril.

Na referida noite, os três cidadãos, entre os quais o namorado da vítima, arrastaram a menor até àquele espaço do Bairro Económico, onde decorrem obras de construção.

Postos no local, refere o responsável, um dos implicados terá arremessado um bloco de alvenaria contra a cabeça da vítima, que caiu inconsciente, tendo sido neste estado a que esta se encontrava que o trio aproveitou abusá-la sexualmente.

“O Serviço de Investigação Criminal deteve, no município do Andulo, três cidadãos de 19 anos, suspeitos do crime de Ofensas Graves à Integridade Física, concorrido com abuso sexual, contra uma cidadã de 16 anos”, avançou.

Simão Londaca explicou ainda que o acto foi, supostamente, motivado por ciúmes que tomaram posse do namorado da lesada que, à data dos factos, disfarçado de boas intenções, interpelou-a, na via pública.

“Na companhia de seus dois comparsas, também detidos, arrastaram-na numa obra onde foi golpeada com um bloco de construção na região da cabeça, deixando-a inconsciente, e, em acto contínuo, abusaramna sexualmente”, esclareceu.

O porta-voz do SIC-Bié frisou que a detenção dos implicados sucedeu após um trabalho aturado de investigação através de mandados de busca e captura.

Avançou também que estes foram constituídos arguidos e serão presentes ao Ministério Público para ulteriores trâmites processuais.

Cidadão detido por violar filha de 9 anos

Num outro caso de violação sexual, um cidadão nacional, de 31 anos, foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal, na mesma província, porém, no município de Camacupa, suspeito do crime de abuso sexual contra a sua própria filha de 9 anos.

O delito foi praticado no bairro 4 de Janeiro, quando o progenitor da vítima, aproveitando-se da ausência de outros membros da família, por apetência sexual, levou a menor até ao seu quarto, onde consumou o acto, de acordo com o agente de investigação criminal Simão Londaca.

Neste caso, assegurou, mediante à instrução do competente processo-crime, o implicado será presente ao Magistrado do Ministério Público para ulteriores trâmites processuais. OPAIS