MPLA pretende cumprir até 2030 a agenda da igualdade de género

Avatar By Redacao Mai 11, 2024
Vice-Presidente do MPLA, Luísa Damião

O MPLA está a trabalhar para cumprir, até 2030, a Agenda das Nações Unidas (ONU) sobre a igualdade de género, como reconhecimento do papel da mulher no processo de desenvolvimento do país, afirmou, quarta-feira, em Windhoek, capital da Namíbia, a vice-presidente do partido, Luísa Damião, à margem da visita àquele país, no quadro do reforço da cooperação com o partido SWAPO no poder naquele país da África Austral.

A igualdade de género no MPLA, referiu a vice-presidente do partido que sustenta o Governo, é uma “realidade com passos sólidos”, onde, hoje, se verificam mulheres a ocuparem cargos de poder em Angola, “sendo esta uma grande aposta do Presidente João Lourenço”, destacando o facto de constituírem a maioria no país, com 52 por cento da população angolana.

Segundo, ainda, a número 2 do partido dos “camaradas”, o MPLA e a SWAPO vão continuar a trabalhar no reforço da relação bilateral, com atenção especial para a troca de experiências a nível das organizações sociais, como a JMPLA e a OMA.

Luísa Damião visitou o Porto de Walvis Bay, que é o maior porto comercial namibiano, movimentando em média três mil escalas de navios por ano e mais de 5,3 milhões de toneladas de carga. Esteve, igualmente, em Gendev Fishing, uma fábrica de processamento de peixe.

Durante a estadia em terras de Sam Nujoma, Lucas Pohamba e Hage Geingog, a vice-presidente do MPLA constatou, também, o funcionamento de outros empreendimentos ligados ao processamento de peixe, granito e mármore, e foi recebida, em audiência, pelo Presidente namibiano, Nangolo Mbumba, na State House, Palácio Presidencial da Namíbia.

A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, lidera uma delegação composta pelo secretário do Bureau Político para Relações Internacionais, Manuel Augusto, pela responsável para a Política Social, Maricel Capama, a secretária-geral da OMA, Joana Tomás, e o primeiro-secretário nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos. JA