Detida mãe acusada de vender filho por cem mil kwanzas

Avatar By Redacao Abr 2, 2024
Casa de prostituição em Angola

O caso foi reportado pelo Instituto Nacional da Criança (INAC) durante o balanço das ocorrências da semana finda.

A cidadã, cuja idade não foi revelada pelo INAC, está a ser acusada de vender o filho, de dois anos, no valor de 100 mil kwanzas, tendo ainda tentado negociar um outro, de três meses.

A informação foi avançada pela porta-voz do Instituto Nacional da Criança, Rosalina Domingos, tendo adiantado ainda que em Luanda a instituição recebeu a denúncia de várias crianças, entre os nove e 11 anos, de estarem a ser vítimas de trabalho infantil e exploradas por adultos, em serviço de lavagem de viaturas.

De recordar que a instituição registou cerca de 400 casos de violência contra criança, de 24 a 30 de Março do ano em curso, em todo país. CK