Greve Geral: UNITA defende direitos dos trabalhadores

Avatar By Redacao Mar 20, 2024
Greve Geral: UNITA defende direitos dos trabalhadores

No contexto da iminente Greve Geral agendada para os dias 20, 21 e 22 de Março, o Grupo Parlamentar da UNITA expressou seu apoio à iniciativa dos trabalhadores angolanos em exercer seu direito à greve. Em uma declaração divulgada hoje, a UNITA destacou a importância do direito à greve e da liberdade sindical como pilares da democracia participativa.

Segundo a UNITA, a greve é um instrumento legítimo na luta por uma sociedade mais justa e igualitária. O grupo parlamentar sublinhou a importância do diálogo para equilibrar as taxas de remuneração entre empregadores e trabalhadores, considerando a falta de equidade nos pagamentos.

Além disso, a UNITA criticou a actual política de remuneração, que, segundo eles, beneficia desproporcionalmente o patronato em detrimento dos trabalhadores. Alegam que esta disparidade salarial é uma das principais motivações por trás da greve anunciada.

O Grupo Parlamentar da UNITA instou o governo e partes interessadas a abordar a questão seriamente, buscando soluções econômicas e sociais justas. Propuseram que o Estado angolano trabalhe com um cronograma para garantir progressivamente os direitos dos cidadãos, conforme a Constituição.

A UNITA pretende levar ao debater o assunto na próxima Reunião Plenária e propor um voto de apoio ao diálogo entre governo e sindicatos.

Por fim, a UNITA encorajou os sindicatos a continuarem lutando pelos direitos dos trabalhadores, respeitando os princípios da concertação social e levando em consideração as capacidades reais da economia.