Trocas comerciais afundam 23% com petróleo em baixa

Avatar By Redacao Mar 11, 2024
Trocas comerciais afundam 23% com petróleo em baixa e menos importações

A queda nas exportações em Angola desencadeou uma redução nas receitas fiscais, especialmente no setor petrolífero, gerando uma crise cambial e de tesouraria que levou o kwanza a níveis históricos de desvalorização. Segundo o Jornal Expansão, Trocas comerciais afundam 23% em 2023, totalizando 51.970 milhões de dólares em comparação com o ano anterior. A diminuição impulsionou as exportações, que caíram 26% para 36.885 milhões de dólares, enquanto as importações diminuíram 13% para 15.085 milhões de dólares.

O declínio nas exportações, especialmente no setor petrolífero, é apontado como a principal causa dessa situação. As vendas de petróleo para o exterior diminuíram em 22%, devido à redução dos preços e da produção interna. Mesmo com esforços para diversificar a economia, os setores não petrolífero e diamantífero representam apenas 5% das exportações. Analistas alertam que essa dependência contínua do petróleo é preocupante, especialmente à medida que os recursos petrolíferos se esgotam.

Exportações não petrolíferas aumentaram 23%, atingindo 503,1 milhões de dólares, mas representam menos de 2% das receitas brutas. Importações diminuíram, refletindo a queda no poder de compra interno devido à desvalorização do kwanza e ao aumento dos preços.

Economistas como Heitor Carvalho e Carlos Lumbo destacam a necessidade de políticas mais sólidas para lidar com essas flutuações econômicas, enfatizando a importância de acumular reservas internacionais durante períodos de altos preços do petróleo, dada a falta de ação do governo em criar reservas anteriormente.

Ler também: Euclides Manuel lamenta proibição da mineração de criptomoedas