TC recebe pedido de suspensão da comissão organizadora do V congresso do PRS

Avatar By Redacao Mar 4, 2024

O Tribunal Constitucional recebeu esta terça-feira, 04, o pedido do secretário permanente nacional da juventude e candidato à presidência do PRS, Gaspar dos Santos Fernandes, para suspender a actual comissão preparatória do V congresso ordinário do partido, considerando que agiu de uma forma parcial.

Segundo a comissão preparatória do V congresso, a candidatura de Gaspar Santos Fernandes não foi aceite pelo facto de não ter mais de 15 anos de militância partidária.

“O processo de preparação do V congresso está viciado e cheio de irregularidades. Por isso, recorremos ao Tribunal Constitucional, para suspender a actual comissão”, disse aos jornalistas Gaspar dos Santos Fernandes, desmentindo a comissão preparatória do congresso.

A candidatura do antigo deputado pelo Grupo Parlamentar do Partido de Renovação Social (PRS), Sapalo António, e do líder juvenil da formação política, Gaspar Fernandes, foram ambas afastadas da concorrência à eleição do futuro presidente do partido, a ser votada no V Congresso Ordinário, agendado para os dias 2, 3 e 4 de Abril próximo, em Luanda.

De acordo com Ndoji Vieira, coordenador da Comissão Preparatória Nacional do V Congresso Ordinário do PRS, a candidatura do militante Sapalo António foi reprovada em virtude de o candidato ter sido despromovido da categoria de membro do Conselho Político, por tentativa de criação de um partido político.

Refira-se que o Partido de Renovação Social foi fundado em 1990 e primeira eleição em que participou, em 1992, ganhou seis assentos na Assembleia Nacional.

Em 1999, o partido passou por um período de conflito interno, em que quatro deputados foram expulsos.
O PRS conquistou 3,17% dos votos nas eleições de 2008, ganhando oito assentos dos 220 da Assembleia Nacional.

Nas eleições de 2012, o partido viu sua bancada reduzir-se a três cadeiras, e na de 2017 a duas. Nas eleições de 2022 o partido conseguiu dois deputados. NJ