Denunciante “Man Genas” está detido em Luanda – SIC

Avatar By Redacao Fev 27, 2024

O angolano Gelson Quintas “Man Genas” que denunciou, no ano passado, o alegado envolvimento de autoridades no narcotráfico e fugiu para Moçambique foi expulso do país e regressou a Luanda, encontrando-se detido, disse à Lusa fonte oficial.

“Man Genas”, que já cumprira pena de prisão por tráfico de drogas, denunciou nas redes sociais o suposto envolvimento de altas figuras da polícia nacional e do Serviço de Investigação Criminal (SIC) em redes de narcotráfico, em fevereiro de 2023.

Pouco depois, acompanhado da mulher e dois filhos, decidiu abandonar Angola por alegada “pressão das autoridades” e por temer pela vida, refugiando-se em Moçambique.

As autoridades moçambicanas acabaram por expulsar administrativamente o casal e os filhos “por permanência ilegal no país”.

Em declarações à Lusa, fonte do SIC indicou que “Man Genas” está detido, prometendo para mais tarde dar esclarecimentos sobre os motivos da detenção.

Um outro cidadão angolano, Higino Duarte Regal, também conhecido por Carlos Eduardo Monteiro, foi também alvo de expulsão administrativa no passado domingo.

O homem foi detido em Maputo, em 21 de dezembro do ano passado, em cumprimento de um mandado internacional emitido pelas autoridades angolanas, refere-se num documento do Ministério Público ao qual a Lusa teve acesso.

Higino Regal fugira de uma cadeia angolana, onde cumpria pena por tráfico de drogas, em 2017.