Congresso da JFNLA vai custar 28 milhões de Kwanzas- Candidatos em campanha eleitoral sem apoio financeiro do partido

Avatar By Redacao Jan 2, 2024
Congresso da JFNLA vai custar 28 milhões de KwanzasCongresso da JFNLA vai custar 28 milhões de KwanzasCongresso da JFNLA vai custar 28 milhões de Kwanzas

A direcção da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) vai disponibilizar 28 milhões de Kwanzas para apoiar o II congresso ordinário da organização juvenil do partido (JFNLA), que terá lugar entre os dias 09 e 12 de Janeiro deste ano.

Ao Novo Jornal, o porta-voz da comissão organizadora do congresso, Kifeta Paiva, disse que o partido não financiou os três candidatos para o cargo do secretário nacional da organização que estão campanha eleitoral à caça de voto, em todas as províncias.

O partido só terá a responsabilidade de financiar a realização do congresso. No que diz respeito aos três candidatos, nomeadamente Eduardo José, Carlos Kassoma e Vita Francisco, estão receber apoio dos nossos militantes para fazerem a sua campanha eleitoral”, referiu Kifeta Paiva, salientando que o conclave vai contar com 301 delegados.

Refira-se que a Frente Nacional de Libertação de Angola é um partido político angolano fundado em 1954, com o nome de União das Populações do Norte de Angola (UPNA), assumindo, em 1958, o nome de União das Populações de Angola (UPA).

Em 1962, a UPA, ao absorver outro grupo anti-colonial, o Partido Democrático de Angola (PDA), constituiu a FNLA. A FNLA foi um dos movimentos nacionalistas angolanos, durante a guerra anti-colonial de 1961 a 1975, juntamente com a União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA) e o Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA).

Desde 1991 que a FNLA se tornou num partido político, cuja importância tem vindo a diminuir drasticamente, em função dos seus fracos resultados nas eleições legislativas desde 1992. NJ