Bloco Democrático vai juntar-se aos sindicatos e exigir salário mínimo de 250 Mil Kwanzas

Avatar By Redacao Dez 27, 2023
Bloco Democrático,  novo Secretário  Ary da CostaBloco Democrático,  novo Secretário  Ary da CostaBloco Democrático,  novo Secretário  Ary da Costa

Durante a Vª Assembleia Geral Provincial Ordinária em Luanda, ocorrida neste sábado, 23, o Bloco Democrático apresentou Ary da Costa Campos como seu novo Secretário. No discurso inaugural, Campos traçou metas ambiciosas, visando a expansão do partido para os municípios e o aumento do número de membros. Ele incentivou os secretários municipais a intensificarem esforços nas comunidades, com o propósito de posicionar o Bloco Democrático como uma opção política significativa, especialmente para populações com direitos sociais condicionados.

Durante a sua fala, Ary da Costa Campos destacou a colaboração com os sindicatos, enfatizando a importância do aumento do salário mínimo. Ele expressou apoio à proposta das centrais sindicais de estabelecer um salário mínimo de pelo menos 250 mil kwanzas, argumentando que o país possui condições para tal.

“Apoiamos a ideia das centrais sindicais em aumentar o salário mínimo. Este país é um paraíso fiscal em que uma dúzia de pessoas tira proveito”, afirmou Campos.

O novo Secretário demonstrou confiança em uma competição política saudável com a UNITA, mencionando os resultados da Frente Patriótica Unida, à qual o Bloco Democrático faz parte. Contudo, sublinhou que o foco do partido é crescer e consolidar sua presença no cenário político.

Filomeno Vieira Lopes, Presidente do Bloco Democrático, elogiou a realização da Vª Assembleia como um exemplo claro de democracia interna e respeito pelas normas. Ele reconheceu a importância de o Bloco reunir as condições necessárias até 2027 para concorrer sozinho ou em coligação, sob pena de extinção.

“Em 2025, vamos realizar nossa convenção para decidir a estratégia e o programa eleitoral”, enfatizou Vieira Lopes. O economista considera a Frente Patriótica Unida como vencedora das eleições, garantindo que o Bloco Democrático representa todas as classes sociais. Citou as mais de 20 mil assinaturas como prova da diversidade do partido, destacando o exemplo da secretária provincial de Benguela, proveniente da classe das zungueiras.

Ler mais: Bloco Democrático anuncia nova liderança Provincial em Luanda