Luanda inundada – Em Viana uma mulher morreu – Chuva não vai parar, diz INAMET

Avatar By Redacao Dez 11, 2023
Luanda inundadaLuanda inundadaLuanda inundada

Luanda acordou mais uma vez inundada: várias estradas intransitáveis, casas e bairros alagados, valas a transbordar e paragens sem táxis. O cenário desta segunda-feira, 11, não é novo, pois todos os anos se repete. Em Viana, na zona da Estalagem, uma mulher faleceu vítima das enxurradas.

O Serviço de Protecção Civil e Bombeiros continua a avaliar a situação e a intervir em muitos casos. A ENDE interrompeu o fornecimento de energia eléctrica em quase toda a província para evitar situações desastrosas nos bairros periféricos, devido às inundações.

No interior dos bairros várias são as casas inundadas e estradas alagadas.

No Cazenga, no bairro Marcelo Caetano (MC), vários munícipes tentam defender as suas casas colocando sacos de areia, enquanto outros lutam para tirar a água dos quintais com baldes, devido à chuvada que inundou o bairro.

Na famosa 7ª Avenida, os moradores continuam continuam a ter de lidar com uma vala a céu-aberto, que hoje está completamente alagada.

Nos municípios do Talatona, Kilamba Kiaxi, Cacuaco, Belas, e Luanda há diversas zonas intransitável.
Noutros pontos, como na via expressa, a circulação está complicada devido às águas que inundaram a estrada.

Nas paragens de táxi, os azuis e brancos quase não existem e muitos funcionários e estudantes optaram por ficar em casa devido às dificuldades com a chuva.

Os bombeiros estão a avaliar os estragos provocado da chuva e prometem esclarecimentos oportunamente.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET), a província de Luanda vai registar, nas próximas 24 horas, uma temperatura mínima de 24ºC e máxima de 28ºC, com previsão de chuva forte, com probabilidade de ocorrência de trovoada em alguns municípios até às 18:00 desta segunda-feira. NJ