AADIMD apela ao cumprimento do regulamento sobre reserva de vagas para pessoas com deficiência

Avatar By Redacao Nov 30, 2023
AADIMD - Luísa MendonçaAADIMD - Luísa MendonçaAADIMD - Luísa Mendonça

A presidente da Associação Angolana de Direitos e Inclusão das Mulheres com Deficiência apelou nesta quinta-feira, às empresas públicas e privadas ao cumprimento do Regulamento sobre a Reserva de Vagas e Procedimentos para a Contratação de Pessoas com Deficiência- aprovado pelo Decreto Presidencial n.º 12/16, de 15 de Janeiro,

A responsável disse igualmente que apesar do dialogado que AADIMD tem mantido com distintas instituições publicas e privadas para fazer cumprir o decreto, poucas são as que empregam pessoas com deficiência, situação que preocupa a Associação.

Luísa Mendonça que falava por ocasião das celebrações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, destacou o trabalho contínuo entre todos os sectores na promoção da inclusão e despertar a sociedade sobre os problemas que afectam directamente a pessoa com deficiência, assim como incutir -las que deficiências derivam de uma condição humana.

A líder associativa lamentou o facto de algumas pessoas ainda não estarem consciencializadas quanto à igualdade de oportunidade a todos os cidadãos incluindo as pessoas com Deficiência, daí a importância da promoção de iniciativas inclusivas para colmatar este mal.

“AADIMD vai continuar a trabalhar para emponderar economicamente as mulheres com Deficiência, através de projectos na área de empreendedorismo e na criação de cooperativas” afirmou.

Lembrou que estão a ser realizadas várias acções como palestras, workshops, visitas em algumas instituições públicas e privadas bem como reflexões para celebrar o dia 3 de Dezembro.

O Dia Internacional da Pessoa com Deficiência foi instituído pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 14 de Outubro de 1992, conforme a Resolução n.º 47/3, da 37.ª Plenária da Assembleia Geral, em comemoração ao término da década (1983 – 1992). A partir de então, a cada ano, no dia 3 de Dezembro, é estimulada uma reflexão sobre os direitos das pessoas com deficiência.