Por ano, Angola tem quase um milhão de jovens disponíveis para trabalhar

Avatar By Redacao Nov 4, 2023
Foto: DR

Angola, todos os anos, tem disponíveis mais de 900 mil jovens para trabalhar ou seja prontos para entrar no mercado, revela o secretário de Estado do Trabalho e Segurança Social, durante um evento organizado pelo Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social.

Pedro Filipe enfatizou que a população activa “vem crescendo num ritmo muito grande”. De 2018 a 2022, a população activa sofreu um incremento significativo de 23%, saindo dos 14,7 milhões para 18,1 milhões.

Pedro Filipe afirmou que, por causa deste crescimento, o Governo aprovou recentemente o “principal instrumento do emprego”, a agenda nacional do emprego. Esse instrumento prevê reduzir a taxa de desemprego dos actuais 29.6% para os 25% nos próximos quatro anos. “Isso implica uma mobilização de todas as forças vivas que temos”.

O governante anunciou a criação de um observatório do emprego, que prevê estudar os fenómenos relativos ao mercado do emprego e terá a participação de entidades públicas e privadas.

De acordo com dados oficiais, de Janeiro até Setembro, houve um total de 141 mil empregos gerados no sector formal.

Dívida à Segurança Social de 334,9 milhões de USD

As entidades públicas e privadas devem à segurança social 280,2 mil milhões de kwanzas (334,9 milhões de dólares) de contribuições obrigatórias.
De acordo com o secretário de Estado, “infelizmente” há muitas empresas que “se furtam de inscrever” os trabalhadores na segurança social e algumas que simplesmente deixam de pagar as contribuições.

A falta de pagamento fez com que o Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) levasse a cabo cobranças coercivas e algumas empresas foram mesmo parar aos tribunais. No total, há cinco mil empresas faltosas e 24 foram levadas aos tribunais. “Isso tem nos tirado o sono”, revelou o secretário de Estado.

Não obstante estas faltas de pagamento, o país registou, entre o terceiro trimestre de 2022 e o terceiro trimestre de 2023, um crescimento de 8,9% no número de contribuintes. Os números saíram dos 2,4 milhões de contribuintes inscritos para os 2,6 milhões. Valor Económico