Cacuaco: Populares matam dois ladrões, ateando-lhes fogo, no bairro do Paraíso – PN procura responsáveis pelo duplo homicídio

Avatar By Redacao Ago 15, 2023


Vários populares do Paraíso, no município de Cacuaco, província de Luanda, ateou o fogo a dois homens que roubaram uma motorizada de um quintal, fazendo justiça pelas próprias mãos, prática recorrente naquele bairro famoso pelo elevado índice de criminalidade.

Este caso aconteceu na zona dos Bakongos e não é o isolado, apesar de se ter verificado “uma considerável redução de mortes por carbonização naquela circunscrição” nos últimos meses, de acordo com o porta-voz do Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional (PN).
Os ladrões, de 20 e 25 anos introduziram-se no interior de um quintal onde uma motorizada estava estacionada e levaram-na consigo.Tão logo ligaram a motorizada, a atenção da população em redor foi cativada. Na tentativa de fuga, embateram contra um objecto que se encontrava fixo no chão e foram apanhados naquele momento.
Quando os demais munícipes se dirigiram ao local, apercebendo-se que os homens eram delinquentes e que a motorizada tinha sido furtada, amarraram os membros inferiores e superiores dos indivíduos e de seguida atearam-lhes fogo.
O porta-voz da PN-Luanda esclarece que, “estando perante a um acto de justiça por mãos próprias, diligências já decorrem para localizar os homicidas, no sentido de serem responsabilizados pela acção criminosa”.
A falta de condições sociais é um dos grandes motivos que fazem do Paraíso um bairro precário, onde as lutas de grupos se tornaram cenário habitual para os moradores que clamam frequentemente por ajuda das autoridades angolanas.
Homicídios, roubos, furtos, vandalismo, abusos sexuais, assaltos à mão armada em residências e na via pública são os problemas mais correntes no bairro Paraíso. NJ