MEA denuncia tráfico de documentos nas escolas públicas em Luanda

Avatar By Redacao Ago 11, 2023


O Movimento dos Estudantes Angolanos (MEA) denuncia tráfico de documentos nas escolas públicas em Luanda por parte dos directores destas instituições
.

O presidente do MEA, Francisco Teixeira, diz que muitos estudantes ainda não receberam os certificados por, segundo o mesmo, o “director da escola estar a dar prioridade ao ensino privado por troca de 8000 kwanzas por documento”.
“Outro problema está nas escolas do primeiro ciclo do ensino secundário na província, em que os directores estão a cobrar o dinheiro das declarações da 7ª, e 8ª, a cada 2000 kwanzas e o certificado de habilitações por preço de 2000, também, que dá num total de 6000 kwanzas”, denuncia o MEA.
Por outro lado, lamenta ainda que “as inscrições estão a correr com muita anomalia, muitas irregularidades”, sublinha. CK