ONU critica “condições deploráveis” em que vive presidente deposto do Níger

Avatar By Redacao Ago 10, 2023


O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, denunciou na quarta-feira as “condições deploráveis” em que se encontra detido o presidente deposto do Níger, Mohamed Bazoum.

As declarações de Guterres surgem após o partido de Bazoum, o Partido Nigerino para a Democracia e Socialismo ter afirmado que a junta militar impôs condições “desumanas” a Bazoum e à sua família.
O partido de Bazoum denunciou que o presidente está a viver “sem electricidade, água, alimentos e medicamentos”, razão pela qual apelou ao “estrito cumprimento das obrigações internacionais em matéria de direitos humanos no Níger”.
O Níger conta cinco golpes de Estado, incluindo o de 26 de Julho, desde que se tornou independente de França em 1960, bem como várias tentativas falhadas, a última das quais em 2021, poucos dias antes da tomada de posse do agora presidente deposto.