Malanje: Pai mata amigo do filho e atira cadáver para o rio Luando

Avatar By Redacao Ago 10, 2023


Esta é história de dois amigos pescadores que acabaram por morrer em circunstâncias diferentes no mesmo dia: um por afogamento e o outro vítima de um assassinato, praticado pelo pai do seu amigo, que o culpava da morte do filho, na província de Malanje.

O trágico cenário aconteceu no bairro Buanga, município de Luquembo, quando os amigos saíram para pescar no rio Supra e no decorrer da actividade um distanciou-se alguns metros do outro e afogou-se, morrendo de imediato, de acordo com as autoridades locais.

O porta-voz do Serviço de Investigação Criminal em Malanje (SIC), Augusto Barros André, explica que, após o incidente, o amigo dirigiu-se à casa dos pais do jovem, para os informar sobre a morte do filho por afogamento, mas estes não acreditaram no acidente e agrediram-no até à morte.

O pai e dois vizinhos muniram-se de paus, amarraram os membros superiores e inferiores do amigo que foi dar a notícia do óbito e desferiram-lhe vários golpes em todas as partes do corpo. O jovem não aguentou os ferimentos e acabou por morrer.

Para se desfazerem do corpo do jovem, os homens transportaram o cadáver até à margem do rio Luando e atiraram-no para a água, fugindo de seguida.

O SIC soube através de uma denúncia anónima, que dava conta da situação que estava a decorrer na comuna de Capunda. Depois de receber os dados necessários dos populares sobre as ocorrências, iniciou um processo de investigação, que culminou com a detenção do pai que fez justiça por mãos próprias. Os vizinhos continuam em fuga.

O SIC e o Serviços de Protecção Civil e Bombeiros conseguiram apenas resgatar o cadáver do jovem que morreu por afogamento, já o amigo que foi agredido até à morte e deitado às águas do Luando ainda continua desaparecido, mas as autoridades garantem que as buscas vão prosseguir para localizar o corpo.

O homem detido será presente ao juiz de garantia, enquanto diligências decorrem para a localização dos seus comparsas. NJ