Níger tem novo primeiro-ministro e Estados Unidos têm emissária no terreno

Avatar By Redacao Ago 8, 2023


A junta militar responsável pelo golpe de Estado anunciou na segunda-feira a nomeação de uma novo primeiro-ministro, Ali Mahaman Lamine Zeine, numa altura em que os norte-americanos têm uma emissária no terreno.

Ali Mahaman Lamine Zeine foi anunciado como primeiro-ministro pelos militares na televisão, numa altura em que a comunidade internacional pede o restabelecimento da ordem constitucional no país. Lamine Zeine é alto quadro da função pública do país e foi ministro das Finanças entre 2002 e 2010, tendo sido ultimamente representante do Banco Africano para o Desenvolvimento no Chade, Costa do Marfim e Gabão.
No Níger, uma emissária dos Estados Unidos da América, a número dois da diplomacia de Washington, Victoria Nuland, classificou as discussões com a junta militar como “difíceis” e “honestas”, disse por telefone à imprensa. Ela encontrou-se com o general Moussa Salaou Barmou, novo chefe do Estado-Maior do Exército, mas não conseguiu estar nem com o chefe dos militares no poder, o general Abdourahamane Tiani ou o Presidente deposto, Mohamed Bazoum.
Os Estados Unidos terão proposto “diferentes possibilidades” para acabar com este golpe de Estado, nomeadamente as boas graças dos norte-americanos daqui para a frente, com a diplomata a acrescentar que esta não foi uma proposta bem acolhida pelos militares.
Na quinta-feira, as autoridades da Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (Cedeao) vão abordar a situação política e os recentes desenvolvimentos no Níger numa Cimeira em Abuja, na capital da Nigéria, segundo informou esta organização. Para já, segundo uma fonte próxima desta instituição referiu à Agência France Presse, não está prevista qualquer intervenção militar, tentando explorar-se novos caminhos diplomáticos. RFI