EUA pondera investir 250 milhões de dólares no corredor ferroviário do Lobito

Avatar By Redacao Mai 21, 2023
EUA pondera investir 250 milhões de dólares no corredor ferroviário do LobitoEUA pondera investir 250 milhões de dólares no corredor ferroviário do LobitoEUA pondera investir 250 milhões de dólares no corredor ferroviário do Lobito

Os Estados Unidos estão a avaliar um potencial financiamento no valor de 250 milhões de dólares (231 milhões de euros) no corredor ferroviário do Lobito, disse a Casa Branca.

Num comunicado divulgado no sábado, a presidência norte-americana disse que o financiamento seria feito através da agência governamental US International Development Finance Corporation (DFC, na sigla em inglês).

O investimento faria parte da iniciativa Parceria para Infraestruturas e Investimentos Globais para países de baixa e média rendimento, lançada pelo Presidente norte-americano Joe Biden e pelo bloco G7.

O projeto do Lobito é “o primeiro passo para ligar e desenvolver a atividade comercial e económica de Angola à RDC [República Democrática do Congo] que pode ajudar a promover maiores investimentos na agricultura, infraestrutura digital e acesso alargado à eletricidade”, afirmou a Casa Branca.

Os EUA estão “a procurar ativamente oportunidades adicionais para ligar os investimentos iniciais do corredor do Lobito através do continente, à Tanzânia e, finalmente, ao oceano Índico”, referiu o comunicado.

O corredor do Lobito é formado pelo porto desta cidade e pelos Caminhos-de-Ferro de Benguela, sendo a rota de exportação mais rápida para o cobre, cobalto e outros minérios aos países como a Zâmbia e a RDC.

Outro órgão governamental, a Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional, anunciou, também no sábado, uma iniciativa de pagamentos digitais com a operadora de telecomunicações Africell para apoiar serviços de Internet e dinheiro móvel em todo o corredor do Lobito.

O coordenador especial de Joe Biden para infraestruturas globais e segurança energética, Amos Hochstein, disse em fevereiro que os EUA são “apoiantes entusiásticos” do corredor do Lobito, que vai “tornar os investimentos mais financiáveis, reduzindo custos e aumentando oportunidades”.

Na sexta-feira, dia em que se completaram 30 anos sobre o estabelecimento de relações diplomáticas entre os Estados Unidos e Angola, Joe Biden disse que os dois países estão a expandir a cooperação económica.

O presidente norte-americano sublinhou “a procura de investimentos adicionais através da Parceria para Infraestruturas e Investimentos Globais para construir infraestruturas de qualidade e sustentáveis que liguem Angola aos mercados globais”.

Em janeiro, os ministros dos Transportes de Angola, RDC e Zâmbia assinaram um acordo para a criação da Agência de Facilitação do Transporte de Trânsito do Corredor do Lobito, com o objetivo de melhorar o transporte ferroviário de mercadorias. Angola24horas