Putin denuncia guerra ocidental contra a Rússia

Avatar By Redacao Mai 9, 2023
O Presidente russo Vladimir Putin disse esta terça-feira, 9 de Maio, que o os países ocidentais estão a orquestrar “uma guerra” contra a Rússia, antes de apelar “à vitória “, durante as celebrações militares na Praça Vermelha em Moscovo.
O Chefe de Estado russo afirmou que foi desencadeada uma “autêntica guerra” contra a Rússia, garantindo a vitória e acusando os países ocidentais de serem a causa da divisão e das revoluções no mundo.
“Hoje, a civilização encontra-se mais uma vez num ponto de viragem decisivo. (…) Uma verdadeira guerra foi desencadeada contra a nossa pátria. (…) Mas repeliremos o terrorismo internacional, protegeremos os habitantes do Donbass e garantiremos a nossa segurança”, referiu.
Vladimir Putin disse que “nada é mais importante do que as responsabilidades militares”, acrescentando que a segurança do país depende dos soldados russos.
“Vocês cumprem as missões militares com honra, vocês lutam pela Rússia”, reiterou.
O Presidente russo apontou o dedo às “elites ocidentais” que “colocam os povos uns contra os outros, dividirem as sociedades e provocarem conflitos sangrentos”, declarações que recordam a retórica de Moscovo na época da Guerra Fria.
“O objectivo é levar à destruição do nosso país”, acusou Vladimir Putin, que apresenta a ofensiva contra a Ucrânia como uma operação russa contra a agressão ocidental. Após 15 meses da ofensiva na Ucrânia, o exército russo surge enfraquecido com elevadas perdas, contratempos e tensões entre o estado-maior e a milícia paramilitar do grupo Wagner.
Após o breve discurso do Presidente russo, milhares de militares marcharam na icónica Praça Vermelha de Moscovo, ostentado bandeiras russas e soviéticas.
O Dia da Vitória comemora a vitória europeia dos Aliados sobre o regime da Alemanha nazi, no final da Segunda Guerra Mundial, em 08 de maio 1945. Nos países sob influência da antiga União Soviética, a partir de 1967, o Dia da Vitória passou a ser comemorado nos dias 09 de Maio, referindo-se ao dia da capitulação das forças nazis perante as tropas soviéticas, e passou a ser considerado um dia feriado.
Fonte: RFI