O maior problema de Angola é o MPLA – Abílio Kamalata Numa

Avatar By Redacao Mai 5, 2023


Luanda – Vou apenas enumerar pequeno rol de maldades feitas pelo MPLA e alguns dos seus dirigentes contra Angola e os angolanos:

1° O MPLA e os dirigentes de então, 1975, uniram-se aos colonialistas portugueses contra seus compatriotas da FNLA e da UNITA para negociar a transferência do poder colonial para os angolanos e sem consentimento destes.
Até hoje, os angolanos desconhecem o conteúdo dos compromissos assumidos. Apenas olham estarrecidos como o dinheiro roubado do erário é colocado ao serviço de Portugal. Apenas olham embasbacados como centenas de portugueses, como assessores, com salários e regalias escandalosamente inaceitáveis, no executivo, no judiciário e na Assembleia Nacional a fazerem um trabalho que os angolanos que mal ganham podiam muito bem fazer.
2° O MPLA e o Dr. António Agostinho Neto não assinaram com verdade os Acordos de Alvor sob cumplicidade dos governantes portugueses e daí a razão de um e do outro não terem respeitado este Acordo, onde um surge como Movimento de Libertação de Angola e não Movimento Popular de Libertação de Angola e o outro como Dr. Agostinho Neto e não Dr. António Agostinho Neto.
Os portugueses e o MPLA juntos mentiram os angolanos em 1975, razão daquela vergonhosa cerimónia de independência feita em nome do Comité Central do MPLA e com os portugueses nos barcos.
A farsa de Portugal e do MPLA tem de acabar. Devem mostrar aos angolanos o tal Acordo secreto que leva até hoje Angola a prestar vassalagem a Portugal. O tal Acordo secreto que levou Angola para os braços dos Soviéticos e cubanos de quem temos dividas que não acabam. Afinal quem permitiu aves agoirentas debicarem as nossas riquezas?
3° O MPLA transformou Angola num antro da corrupção internacionalista. Nosso dinheiro é conspurcado com toda escória humana do mundo, quando os próprios angolanos são atirados para sarjeta e contentores de lixo.
4° Os Presidentes do MPLA não têm sido honestos com Angola e os angolanos. Falsificaram assinaturas, fazem juramentos que não cumprem, mentem que estamos num Estado Democrático de Direito, quando passam o tempo a dar ordens ao poder legislativo e ao judiciário e a colocar o poder canstrense ao serviço do MPLA.
5° Hoje, o MPLA tenta transformar o seu Presidente nas vestes de Presidente da República (entre aspas) como sendo um símbolo.
O angolano que falar verdades contra o Sr. João Manuel Gonçalves Lourenço é transformado em arguido pela PGR, outros já andam nas cadeias como presos políticos. A maioria da juventude está a optar pela emigração, deixando a Pátria e a família.

Deus ajude Angola e os angolanos e dê mais juízo ao MPLA e seus dirigentes.

Mais um recadinho para os camaradas do MPLA. Para UNITA reconciliação nacional não é construção de uma pequena estátua para o Presidente Fundador Dr. Jonas Malheiro Savimbi. Para UNITA Reconciliação Nacional é unidade nacional, é democracia, liberdade, igualdade e bem estar para todos angolanos com boa habitação, emprego com bom salário, ensino e serviços de saúde para todos, valores pelos quais o Dr. Savimbi lutou e morreu.