Capturados integrantes de um grupo de 10 marginais que assaltavam com arma de fogo

Avatar By Redacao Abr 24, 2023

Luanda – Cinco indivíduos pertencentes a um grupo de marginais composto por mais de 10 elementos, que se dedicavam a assaltos e roubos na via pública, apoiados por viaturas, com as quais simulavam realizar, muitas vezes, o serviço de táxi, foram detidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC).

A detenção ocorreu no momento em que se preparavam para protagonizar vários assaltos aleatórios em diversos pontos da província de Luanda, a bordo de uma viatura de marca Hyundai, modelo Elantra, munidos de uma arma de fogo do tipo pistola, de marca Tauros, com 8 munições.

Segundo o Porta-voz do SIC-Geral, Superintendente-chefe Manuel Halaiwa, os implicados estão envolvidos em mais de 15 assaltos, realizados de Novembro de 2022 a Março do ano em curso.

“O grupo ora desintegrado composto por mais de 10 elementos, está envolvido em 15 assaltos na via pública e em saídas de bancos, em que foram vítimas cidadãos nacionais e estrangeiros, dentre libaneses, chineses, vietnamitas e malianos, em que foram-lhes subtraídos avultadas somas em dinheiro, telemóveis entre outros pertences”, informou.

Os integrantes do grupo são residentes em diferentes bairros de Luanda, com destaque a José da Costa, mais conhecido por Zéca, ou Famoso, de 35 anos de idade, residente no bairro da Sapú, rua das casas verdes, município de Talatona, que servia de condutor da viatura, pertencente a sua sogra; Quilson Óscar Fernandes, mais conhecido por Manucho ou Chororó, de 33 anos de idade, residente na rua 1 do tanque do Cazenga, bairro da Cuca; Sidney Manuel Santana, de 30 anos de idade, residente na zona do Chimbicato, município de Talatona; João de Almeida Pereira, conhecido por Russo, de 30 anos de idade, residente em Viana, bairro da Estalagem, rua do Campo da Sanguita; e Daniel Osvaldo Tavares, conhecido por Yakibó, de 33 anos de idade, residente no bairro da Cuca. Este último tem passagem pela Polícia e condenado por roubos qualificados.

“O Daniel Osvaldo Tavares, conhecido por Yakibó, foi detido com 14 saquetas de droga do tipo Cocaína, sendo o mesmo o fornecedor da droga para consumo antes de diligenciar os assaltos e roubos; tem ainda passagem pela Polícia e a condenação muito recentemente pelo crime de roubo qualificado, cujas razões da sua liberdade teremos que apurar “, garantiu o Porta-voz.

Informou ainda que esta detenção é resultado de acções operativas no quadro do desmantelamento de grupos de marginais que têm vindo a criar alterações à ordem e tranquilidade públicas, o que originou num acompanhamento milimétrico, que culminou com a sua recolha.

“O responsável disse ainda que diligências estão a ser levadas a cabo para a detenção dos restantes integrantes do grupo.

Fonte: Na Mira do Crime