Luanda: Chuvas provocaram seis mortes e inundaram mais de 5.000 habitações – Bacia de retenção do Coelho na iminência de transbordar

Avatar By Redacao Abr 21, 2023
As chuvas que caíram sobre Luanda nos dias 19 e 20 deste mês (quarta e quinta-feira), voltaram a fazer estragos, inundaram bairros, ruas, residências e voltaram a causar dor a muitas famílias. Seis pessoas morreram em consequência das enxurradas, mais de cinco mil habitações foram inundadas e 27 casas ficaram completamente destruídas.
Os municípios de Viana, Belas e Cazenga são os mais lesados pelas chuvas que afectaram mais de cinco mil familiais.
A bacia de retenção do Coelho, no bairro KM 9A, em Viana, está na iminência de transbordar, o que pode dificultar a circulação automóvel na Avenida Deolinda Rodrigues, a principal via de acesso de Luanda/Viana e vice-versa, soube o Novo Jornal junto da administração de Viana.
O administrador municipal, Demétrio de Sepúlveda, explicou que a bacia de retenção do Coelho atingiu o seu limite de saturação e se voltar a chover nas próximas horas a bacia poderá transbordar.
Na quarta e quinta-feira choveu intensamente em Luanda, deixando vários estragos à vista, como ruas, casas e avenidas inundadas. Foram registados seis mortos, entre os quais quatro crianças, uma de quatro, duas de seis e um de 11 anos. Os adultos tinham 22 e 23 anos.
O Serviço Provincial de Protecção Civil e Bombeiros revela que duas pessoas continuam desaparecidas, 32 árvores caíram e oito escolas estão inundadas.
Segundo os bombeiros, quatro pessoas morreram em consequência do desabamento de residências e duas por electrocussão.
No município do Kilamba Kiaxi, as águas das chuvas cortaram parte da Avenida Pedro de Castro Van-Dunnem Loy.
A ponte sobre o rio “Wala, na estrada do bairro Mundial, no município de Belas, uma infraestrutura inaugurada há meses, ficou completamente inundada, o que impede a passagem de pessoas e viaturas.
No Cazenga, as águas da 7.ª Avenida transbordaram e inundaram as residências das proximidades.
Nas redes sociais foram partilhados vídeos e fotografias de zonas onde as chuvas fizeram enormes estragos. Nas imagens é possível ver algumas zonas intransitáveis, trânsito caótico, ruas alagadas, casas inundadas e árvores caídas.
No município do Talatona, vários condomínios e ruas estão inundados.
No Zango, várias são as famílias que estão ao relento em consequência das fortes chuvadas e muitas casas encontram-se na iminência de desabar.
O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê que nas próximas 24 horas possam acorrer chuvas moderadas, com probabilidade de ocorrência de trovoada em alguns municípios das províncias de Luanda.
Fonte: Novo Jornal