Avaria no reactor deixa voo da TAAG em terra em Lisboa. Ministro Ricardo d’Abreu era um dos passageiros

Avatar By Redacao Mar 19, 2023


Uma avaria técnica num dos reactores de um dos voos alugados à operadora Hifly pela companhia nacional de bandeira, TAAG, obrigou, este domingo, 19, ao cancelamento do regresso a Luanda de vários passageiros, entre os quais o próprio ministro angolano dos Transportes, Ricardo Viegas d’Abreu.

O voo, com a matrícula DT 651, de cor branca, com destino Lisboa-Luanda, teve o reactor esquerdo avariado numa altura em que metade dos passageiros já se encontrava no interior da aeronave, pelo que, depois do incidente, foram todos obrigados a abandonar o voo e voltarem a instalar na sala de embarque.
O ministro dos Transportes ainda chegou a ser informado do problema registado na aeronave, mas, depois disso, Ricardo Viegas d’Abreu foi visto a abandonar o aeroporto Humberto Delgado, com a delegação com que se fazia acompanhar em Lisboa.
De acordo com informações postas a circular nas redes sociais, depois de abandonarem a aeronave, os passageiros ficaram na sala de embarque a aguardar por explicações, sem saberem se regressavam ou não ainda este domingo a Luanda.
Comentários larga e recorrentemente divulgados na internet apontam os aviões alugados à operadora Hifly como sendo aparelhos problemáticos, que, volta e meia, apresentam vários problemas técnicos, desde os reactores, ar condicionado, bancos, e etc.
Fonte: Isto É Notícia