Detidos dois subchefes da Polícia que faziam parte de um grupo de marginais

Avatar By Redacao Fev 23, 2023


O Serviço de Investigação Criminal (SIC) deteve, em Cabinda, dois terceiros subchefes da Polícia Nacional (PN), um afecto à Polícia de Guarda Fronteira e outro da Unidade das Comunicações, do comando provincial de Cabinda da PN, que faziam parte de um grupo de marginais envolvidos em assaltos, roubos, extorsões e burlas.

A detenção dos dois subchefes da Polícia Nacional foi feita através do departamento municipal de Cabinda do Serviço de Investigação Criminal, após apurar o envolvimento dos efectivos da ordem.
Segundo apurou a Novo Jornal junto do SIC-Cabinda, os dois agentes, um colocado na Polícia de Guarda Fronteira e outro na Unidade das Comunicações do Mbaca, são acusados de associação criminosa, extorsão, burla e roubo.
Os efectivos actuavam em “conluio” com outros dois cidadãos, entre eles um congolês democrata, que simulavam vender ouro. Durante as negociações, apareciam os dois agentes da Polícia, que fingiam estar numa operação policial, e extorquiam os valores dos compradores, que pagavam para não serem detidos.
Segundo o SIC- Cabinda, os dois subchefes foram apanhados e detidos após queixa de um cidadão que diz ter sido roubado em 700 mil kwanzas, 100 euros e diversos aparelhos telefónicos pelo grupo de marginais do qual os polícias faziam parte.
Fonte: Novo Jornal