Medicamentos do MININT custam quase o mesmo que o combate à malária

Avatar By Redacao Fev 20, 2023
O Executivo prevê gastar, este ano, em medicamentos, com o Ministério do Interior (MININT), pouco mais de sete mil milhões de kwanzas, quase a mesma verba atribuída ao Ministério da Saúde para fazer face ao Combate à Malária (7,5 mil milhões Kz), a principal causa de morte no País, com uma média de mais de 10 mil óbitos/ano, na sua maioria crianças e grávidas.
Se, por um lado, a proposta do OGE 2023 assinala que, no presente ano económico, a verba para a malária vai sofrer um corte de quase mil milhões Kz, por outro, o Novo Jornal observou que o dinheiro deste ano para o abastecimento logístico de medicamentos no MININT vai ser cinco vezes superior aos cabimentados no OGE 2021, em que estavam previstos pouco mais de mil milhões Kz, enquanto em 2022, para o mesmo fim, foram orçamentados 1,4 mil milhões Kz.
Fonte: Novo Jornal