Angola entre as seis delegações estrangeiras deixada pelo PR Lulas

Avatar By Redacao Jan 4, 2023
O presidente recém empossado do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, deixou de receber representantes de seis delegações estrangeiras esta segunda-feira, 2. Embora tenha divulgado que faria 17 reuniões bilaterais, foram marcadas 16. No entanto, Lula só conseguiu realizar 10 encontros.

Isso porque, cada reunião deveria durar 30 minutos, mas Lula extrapolou o tempo em algumas, o que fez com que o chefe do Executivo brasileiro, tivesse que cancelar as reuniões com as delegações de Angola, Mali, Timor-Leste, Cuba, Peru e Venezuela.
Na sua conta no Twitter, Lula desculpou-se e prometeu que haverá “outras oportunidades” para reunir-se com os países com os quais não pôde estar. Leia abaixo a publicação:
Cancelamento que o Governo brasileiro tentou compensar com um encontro, no dia seguinte, terça-feira, 03, entre os ministros das Relações Exteriores de ambos países com garantias de retomada as relações bilaterais.
Conforme divulgou o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, na reunião, Mauro Vieira e Téte António, “intercambiaram visões a respeito da Parceria Estratégica, firmada por Brasil e Angola em 2010, e manifestaram a intenção de realizar, ainda neste semestre, a sétima edição da Comissão Mista Brasil-Angola”.
“Ao retomar a prioridade atribuída pelo Brasil à África, o Governo do Presidente Lula renova a importância dos laços com Angola, uma das maiores economias daquele continente e país com o qual mantemos vínculos históricos e culturais, simbolizados pela presença, em Luanda, do Instituto Guimarães Rosa, e pelo Centro Cultural Casa de Angola, na Bahia”, diz o comunicado publicado no site do governo brasileiro.
Fonte: Correio Kianda