Augusto Tomás é colocado em liberdade a troca de pagamento

Avatar By Redacao Dez 28, 2022
Antigo ministro dos Transportes foi colocado em liberdade.

O antigo ministro dos Transportes foi condenado em segunda instância pelo plenário do TC em Dezembro de 2019 a oito anos de prisão maior, no âmbito do “Caso Conselho Nacional de Carregadores (CNE) “, com outros arguidos.
Augusto Tomás, ministro dos transportes durante 10 anos, nos governos de José Eduardo dos Santos, tinha antes sido condenado, em Agosto de 2018, em primeira instância, a 14 anos de prisão.
O antigo ministro dos transportes estava em prisão efectiva desde Setembro de 2018, atingiu a metade da pena de prisão efectiva no mês de Agosto. Por isso requereu ao plenário do Tribunal Supremo o pedido liberdade condicional, que viu ser-lhe rejeitado.
Desta vez o tribunal decidiu colocá-lo em liberdade, isso sucede aos pedidos de liberdade condicional interposto pelos advogados, mediante indemnização cujo valor não consta do acórdão.
Fonte: Angola Online