Jornalistas angolanos saem à rua para marchar contra ataques à classe

Avatar By Redacao Dez 17, 2022
Jornalistas angolanos vão marchar hoje, em Luanda, para protestar contra os assaltos de que os profissionais da classe jornalística têm sido alvo nos últimos tempos.

O Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA), promotor da marcha, sofreu pelo menos dois assaltos, nos quais foram furtados computadores da sua sede.

A marcha tem início às 10:00 locais (09:00 em Lisboa), com partida da zona do Cine Atlântico, passando pelo Largo da Independência, Unidade Operativa, culminando na Rua da Liberdade, na Vila Alice.

O secretário-geral do SJA, Teixeira Cândido, ao anunciar a marcha considerou que os jornalistas angolanos estão a ser atacados.

“Para o Sindicato dos Jornalistas Angolanos, a situação provavelmente seria episódica, seria eventualmente uma situação de menos importância não fosse o facto de, em março deste ano, outros jornalistas terem sido assaltados nas mesmas circunstâncias e das suas residências terem levado computadores”, afirmou.

Teixeira Cândido frisou que além do sindicato, viram as suas residências assaltadas outros jornalistas, nomeadamente o diretor do Jornal Expansão e a delegada da agência Lusa em Angola, ambos com os computadores furtados.

“Para nós não há outra leitura, são vários colegas a sofrerem o mesmo assalto e entendo que sim, estamos a ser atacados. Continuo a manter a fé nos meus colegas que trabalham no sindicato, até que o serviço de investigação nos diga o contrário”, salientou.

Fonte: Notícias ao Minutos