Revelações explosivas: O Kudurista Mona Star desvenda bastidores e conflitos na cena musical

Avatar By Francisco Muanza Jan 26, 2022
Revelações explosivas: O Kudurista Mona Star desvenda bastidores e conflitos na cena musical

Em uma entrevista exclusiva concedida à Radio Ouvite no renomado programa PAPO RECTO, o talentoso kudurista Mona Star abriu o jogo, revelando detalhes surpreendentes sobre sua trajetória e os bastidores da cena musical angolana.

Mona Star, reconhecido como um dos grandes nomes do gênero kuduro, não hesitou em compartilhar sua história e as contribuições significativas que fez para o cenário musical, incluindo o papel crucial que desempenhou no desenvolvimento da carreira da renomada cantora Titica.

Com uma sinceridade envolvente, Mona Star revelou que não só ensinou a Titica a cantar kuduro, mas também compartilhou sonhos de uma parceria artística promissora entre ela e Tuga Agressiva. No entanto, conflitos pessoais levaram à separação, deixando-o como mentor único de Titica. Desse encontro surgiu o hit “Chão Chão”, que alavancou a carreira de Titica para o estrelato, mas que, segundo Mona Star, não foi devidamente reconhecido por sua colaboração.

A entrevista também trouxe à tona a frustração de Mona Star com a falta de reconhecimento da sociedade pelo seu trabalho e contribuições para o estilo kuduro. Ele expressou sua opinião sobre a presença de outros artistas como apresentadores do estilo, destacando que, em sua visão, o ego muitas vezes prevalece sobre a verdadeira habilidade artística.

Não podemos ignorar o talento inegável de Mona Star como cantor e compositor. Seus sucessos, como “Afrike Moto” e “Chão Chão”, não apenas elevaram seu status na cena musical, mas também influenciaram outros artistas, como Hady Lima e Edy Sexy.

A entrevista com Mona Star não apenas nos proporciona um vislumbre dos desafios enfrentados pelos artistas na indústria musical, mas também destaca a importância de reconhecer e valorizar o talento e as contribuições individuais para o enriquecimento cultural de nossa sociedade.